Friday, September 15, 2006

" CONSCIÊNCIA ... "














Na manhã seguinte, o poeta possívelmente arrependido de alguma coisa, perguntou: " O que é ter consciência? " a isso, respondi o que responderei sempre...

" O que é ter consciência?... "

- Ter consciência
É SER TESTEMUNHA.















É pois

A forma de garantir
Aquilo que se sente
Que se vê...



















OU SE PENSA VÊR

Aquilo que se pensa
Em que se pensa...

Antes disto,

Impõe-se á consciência
Qualquer coisa
QUE NÃO SENDO A CONSCIÊNCIA,
A tem como sua.

" Ter consciência
É SER CONSCIÊNCIA? "














- É em vez disso,

SER CONFIRMADO
NAQUILO QUE SE É,
OU SE PENSA SER...
Isto é:
Reafirmado por ela mesma,
Consciência.
Só assim o homem,
O homem sucessivo
PODERÁ COINCIDIR CONSIGO PRÓPRIO...












" Saber de si?...


- SABER QUE PENSA!...
E ao dar por si,
SAÍRÁ DE SI...

" E pensa-se? "



















- PENSAR

É talvez isso,
NISSO!...

Ao pensar-se, o Homem

QUASE DECIDE
Sobre o que tem como determinismo,
Sobre o que registou em dado tempo...














Enquanto que a consciência

NÃO PODE REFLECTIR SOBRE O QUE É,
Nem sobre aquilo
QUE FOI CAPAZ DE SER...












E simultâneamente

NÃO SABE
Que tem consciência
Da consciência infinita.



















Em relação

Ao que terei dito anteriormente,
Ela é antes disso
NOMEADA
No instante oportuno...
E para cá do mais,
DESCONHECE O HOMEM.



















" Então ter consciência
É isso?!... "















- DUMA FORMA CONSCIENTE,

PENSO QUE SIM!...

Uma música: " FEEL " - George Duke

( Bom-fim-semana! )

Pain-Killer

4 comments:

≈♥ Nadir ♥≈ said...

ter consciência... por vezes acho que me perco e a perco a ela (à consciência)
Beijo e bom fim de semana

P. Guerreiro said...

Estou consciente que ás vezes não a uso...
Um abraço amigo do Paulo e bom fim de semana.
Até sempre!

Rocha de Sousa said...

Não tenho o seu endereço de e-mail, mas quero agradecer-lhe ter
expressado pela pela morte de meu
irmão.
E, entretanto, felicitá-lo pela qualidade e sensibilidade do seu blog, no qual se entra um pouco como numa catedral
Um abraço
Rocha de Sousa

vida de vidro said...

Isto da consciência é uma conversa comprida... Ter consciência é provavelmente saber-se ( saber de si) mas, às vezes, apetece tanto não a ter... **