Thursday, June 29, 2006

" PATINHO FEIO "















O Pelicano- Branco-America
no

Um pelicano-branco-americano sobrevoa o rio Slave, nos territórios do Noroeste do Canadá.
Com uma envergadura de asa de
2,7m, esta ave desajeitada em terra, torna-se admiravelmente graciosa no ar...

Devemos ter pena dos pobres juvenis de pelicano?
O patinho feio da fábula, convém lembrá-lo, transformou-se num belo cisne ao crescer. Em contrapartida, as crias deste pelicano só podem ambicionar á transformação num... pelicano adulto. Se esta evolução é positiva, será tema para outra discussão.















Na história da literatura, vários escritores dedicaram atenção a esta ave. Chamaram-lhe desajeitada, deselegante, desalinhada, grotesca e absurdamente ridícula. Até a mais recente edição da publicação institucional « The Birds of North America », apesar de conceituada e séria, põe de lado por um momento a compostura científica e refere-se ao pelicano como... cómico.














Muito bem. Admitamos que o pelicano não tem a estética do cisne, que é feito de curvas sensuais e majestosas.













Contrariamente é atarracado. É queixudo. Tem pés de palhaço e um bico em forma de pá.Quando manifesta o desejo sexual, o seu rosto torna-se vermelho e a ave desenvolve uma enorme verruga no nariz.




















Paradoxalmente, os mesmos escritores que descreveram o pelicano como animal patusco e desajeitado, não resistiram a chamar-lhe, por vezes no mesmo parágrafo, majestoso e belo. Porquê? Passo a explicar: quando a ave desajeitada se ergue, dá um passo bamboleante em frente, abre as asas, levanta voo e ei-la transformada de crisálida em borboleta, no espaço de dez segundos.



No ar, os pelicanos transfiguram-se. Elevam-se a uma velocidade surpreendente para uma ave de tão grande porte. Pairam, descrevendo grandes círculos. Dezenas de aves agrupam-se, rodopiando num bailado aéreo. Um especialista em engenharia aeronáutica diria que os 2,7m de envergadura das asas, aliados a um peso
de cerca de 7 kg, proporcionam uma baixa carga alar. Os leigos, quando confrontados com a imagem de um grupo de pelicanos descrevendo espirais em voo, não encontram palavras suficientemente precisas para os descrever.













Em 2004, no Refúgio Nacional de Vida Selvagem do Lago Chase, as aves adultas abandonaram os juvenis e os ovos recém-chocados por razões desconhecidas . Em 2005, registou-se a morte em massa de juvenis ainda no ninho, devido a um factor indeterminado. Em duas temporad
as de reproducção, que poderiam ter gerado 15 mil pelicanos ou mais, talvez tenham sobrevivido apenas algumas centenas. É possível que estes problemas sejam pouco graves para animais que vivem cerca de 20 anos.

O género Pelecanus Existe na sua forma actual há cerca de 20 milhões de anos. Embora ao nosso olhar antropomórfico, o pelicano possa parecer uma ave desajeitada, ele limita-se a seguir o mesmo modo de vida de sempre, encaixando-se de maneira precisa no seu singular nicho ecológico.





O pelicano inspira gargalhadas e admiração e, ta
lvez ainda mais, uma empatia enternecida...












( texto parcialmente extraído da National Geographic Magazine )

Vendo bem as coisas, quem nunca se sentiu desajeitado e pouco atraente, imaginando contudo que, sendo-lhe dada a oportunidade de abrir as asas, poderia tornar-se belo...?



















Pois é caros amigos, em jeito de sugestão eu digo:














" ABRAM AS ASAS E... TORNEM-SE BELOS...! "


Bons voos ;-)

Pain-Killer

5 comments:

Bruno Nabais said...

bem..os pelicanossão um pouco desajeitados e feios..mas quando abrem as asas (como voces disse) são lindos!!

naturalissima said...

Beleza natural!
Beleza no dizer, no viver e no voar.

Um beijinho e um bom fim de semana
Daniela

Talk Talk said...

Ahá!!!!Finalmente percebi!
A minha Anuska por vezes, enquanto tomamos as nossas refeições, exclama: "Lá tás tu de asas abertas....". No fundo, no fundo, está apenas a dizer:"és muita giro!!!", ehehehehe

Como sempre, um texto excelente!

Um abraço e bom fim-de-semana.

E amanhã FORÇA PORTUGAL!

Garfieldita said...

Oi! Passei por aqui para te desejar um bom fim-de-semana.

Esta semana foi de morrer, mas..., enfim...
A partir de hoje já posso dizer que sou "dona e proprietária de uma casinha.Para já está em ruínas, mas acho que vai ficar linda depois de umas (grandes) obritas.

Um beijo!
Miau!

an ordinary girl said...

Fiquei a olhar as fotos com atenção e achei em todas os pelicanos lindos!!! Mas pronto, eu acho todos animais, exceptos as cobras e as salamandras e as moscas, muito interessantes e bonitos. Todos têm caracteristicas que eu aprecio, gosto, acho bonito...
Parabéns por este blog, é diferente, interessante, e está bonito.