Thursday, December 07, 2006

IGUAL AOS OUTROS?...
QUEM, EU?! NÃO, OBRIGADO!
NEM MESMO DEPOIS DE MORTO...





















O que foi isto?... Qual o elo de associação? É estranho... nenhum silêncio, nenhum rúido... quase como morto, em abstracção total... e para cá do mais, já não tenho sede...















" Estás a dormir? "


- Não...

" Como pudeste estar tanto tempo calado? "

- De que lado estás a vêr isso?...
Não entendes que a noção de tempo,
Só existe na consciência?...














" E fora dela? "

- ÚNICAMENTE TEMPO.

" Não entendi lá muito bem! "

- Poeta!...
Tempo
É UMA COISA
E NOÇÃO DE TEMPO
É OUTRA!...














" Há uma coisa que me intriga... "


- Qual?...

" Enquanto a ouço ao telefone
E me ponho de frente...
Quero dizer... "














- Continua...


" Quero dizer que...
Quando a ouço,
SINTO-A
IMAGINO-A



















Perdendo-me

No labirinto de minhas emoções:
Ora radiante,
Ansioso... "

- Apreensivo!...



















" Incrédulo,

Fascinado
Ciumento
Amoroso
Sei lá...
Tanta coisa
E nunca triste!... "

- Mas quando?
Quando é que vais ser
Igual aos outros?...
Mas não, não!...
De forma alguma,
Não quero vêr-te morto, poeta!
NEM MESMO AÍ!...

( Um tema: " IN A MIST "
Versão de : Gary Burton )

Bom-fim-semana!

Pain-Killer

2 comments:

vida de vidro said...

Acho que esse é um perigo que não corres... o de ser igual aos outros, claro! **

≈♥ Nadir ♥≈ said...

............♥
...........***
..........*****
.........*Boa*
........*********
......************
.....**Semana**
....****************
...******************
..********************
..........****
..........****
..........****
....(`“•.¸ ¸.•“´)
.....♥ Nadir ♥ .