Wednesday, November 30, 2005



" INÚTIL ESFORÇO "














Imaginar-me...
Caminhar pairando
Nesta angústia suprema
De movimento contínuo...

Ai...
Maldito pensamento.
Maldito jogo de palavras
Injustificáveis...
Maldito.
Mas bendito seja
Na HORA INCONSCIENTE
Que vier.

Dor...dor...
Ó grande solução...
Ó maior das maiores
Que não resolves nada...

Imaginar-me
Eu?...
Ai como detesto ver-me
E seguir
Não sei aonde...




Se o fizer...
É porque tenho horror




De saber-me preso
E impreciso
Cá dentro de mim.












Mas se o não faço... É porque sei




Que nunca posso ser
Aquele que caminha
Aonde lhe apetece.









Pensar
No que se há-de pensar,
É tencionar a arte de pensar...
Ou tentar prosseguir
No que se oculta em nós.

E se dizem
Que não temos o direito
De mentir
Numa verdade imposta
A qualquer um,
Terei então de mentir
Ao pretender a verdade
Em cada um de nós.

Pain-Killer






































Olha pai...já não existe dor...apenas um vazio...pronto a ser preenchido...;-)

2 comments:

Talk Talk said...

É sem dúvida um dos mais bonitos textos que aqui li.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Orfeu said...

Poderá ser um maldito jogo de palavras, uma angústia suprema ou um esforço inútil...mas precisamos ou exigem que se faça, por isso o que fazer?
Um abraço (é um enorme prazer vir aqui ler-te)